Processo Criativo

O processo criativo é o “caminho” que a nossa mente faz quando queremos criar uma idéia ou resolver algo.

No entanto, para atingirmos o objectivo final é necessário estruturar o “caminho” a seguir. Segundo Koestler e Sternberg e com base no modelo de POINCARÉ (1924), podemos estruturar as diferentes fases desta forma:

  • Inspiração inicial – o first insight;
  • Preparação: análise de dados e informações;
  • Incubação: afastamento do campo do problema;
  • Geração de ideias;
  • Iluminação: emergência da ideia;
  • Verificação: análise racional da ideia, conformando a utilidade e eficácia.

Que factores influenciam um processo criativo?

Para responder a esta questão, podemo-nos basear no modelo “M.O.T.I.V.A.C.I.O.N.” da Professora Katja Tschimmel.

Motivação intrínseca

Objectivos alacançáveis

Tolerância ao erro, a ambiguidade e a contrdição

Inteligência especifica

Vontade, dedicação e paixão

Atenção e energia disponivel para a tarefa

Conhecimento específico e geral

Imaginação com todos os sentidos

Operações do processo e do pensamento criativo

Negação de estereótipos

 

Processo individual VS processo de grupo

Um indivíduo criativo tem como principais características:

  • Percepção não estereotipada
  • Pensamento divergente
  • Lidar com ideias inacabadas
  • Capacidade de associar, dissociar ou sobrepor imagens variadas
  • Intenção, dedicação, motivação, paixão – estado de fluxo

Quando falamos no processo individual unido ao processo de grupo verificamos que ambos se complementam.

No processo individual

  • evocação da memória
  • Criação de associações
  • Construção de novas estruturas
  • Transformação de estruturas existentes através de analogias
  • Categorização e criação de padrões

No processo de grupo

  • Interacção
  • Tolerância e aceitação
  • Partilha de modelos mentais
  • Alinhamento sobre aspectos base

Para gerar criativa é útil obedecer a alguns comportamentos, tais como:

  • Confiança – para ser criativo, entrar no verdadeiro jogo/divertimento;
  • Exploração – gerar maior quantidade de soluções;
  • Construção – pensar com as mãos, protótipos rápidos;
  • Role-Play – encenar e dramatizar situações, desenvolver empatia com o que criamos e para quem criamos.
  1. Leave a comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: